leia

Entenda a diferença entre Psicopedagogia Clínica e Empresarial

Por Alessandra Mello

A Psicopedagogia surgiu com o objetivo de compreender e trabalhar as dificuldades de ensino e aprendizagem. Além disso, ela desempenha funções em diferentes áreas da vida, seja emocional, cognitiva ou social.

No entanto, quando se fala em Psicopedagogia, logo se remete ao atendimento clínico. Porém esse é um campo em que o profissional pode atuar tanto na área de Saúde (clínica) quanto nas áreas Educacional, Hospitalar e Empresarial (institucional).

Mas afinal, qual é a diferença na atuação desses profissionais? Entenda:

Psicopedagogia Clínica

Psicopedagogia Clínica

O Psicopedagogo Clínico atua como um facilitador da aprendizagem prazerosa, orientando e educando sobre como estudar. O seu papel é identificar a melhor forma de aprender e o que pode estar causando o bloqueio na aprendizagem do indivíduo.

Entre suas atribuições principais estão:

  • Identificação das causas dos problemas de aprendizagem;
  • Participação na dinâmica das relações da comunidade educativa;
  • Orientação educacional, vocacional e ocupacional;
  • Desenvolvimento de projetos socioeducativos e de autoconhecimento;
  • Desenvolvimento de ações preventivas, detectando possíveis perturbações no processo de ensino- aprendizagem.

Para isso, antes de iniciar o processo com seu cliente, realiza-se uma entrevista com os pais para esclarecimento e orientação. Depois, é realizado o diagnóstico psicopedagógico para descobrir quais áreas devem ser trabalhadas.

O Psicopedagogo Clínico pode trabalhar em consultório, atuando no diagnóstico, no tratamento do problema já instalado e na prevenção de problemas de aprendizagem.

Psicopedagogia Empresarial

Psicopedagogia Empresarial

No meio empresarial, a psicopedagogia cuida de todos os processos que organizam a empresa e um dos seus principais objetivos é identificar os pontos que possam estar travando o aprendizado dos colaboradores.

Entre as funções do Psicopedagogo Empresarial estão:

  • Avaliação de controles;
  • Elaboração de sistemas de aprendizagem;
  • Recrutamento e treinamento de pessoas;
  • Criação de dinâmicas de grupo;
  • Avaliação de desempenho dos funcionários.

Além de atuar em conjunto com a área de RH da empresa, o Psicopedagogo Empresarial precisa sempre se atualizar e aprender novas técnicas, aumentando o rendimento dos colaboradores.

Por outro lado, as empresas devem trabalhar também conjuntamente com a pedagogia empresarial para atingir seus objetivos, metas e ideais, e provocar uma mudança significativa em seus colaboradores.

Semelhanças entre os profissionais

Semelhanças entre os profissionais

Há muitas semelhanças entre a atuação do profissional clínico e do empresarial. Em ambas as áreas é preciso conhecer e compreender a fundo as dificuldades de aprendizado e possíveis formas de intervenção. Além disso, esses profissionais precisam estar preparados para gerenciar conflitos e perpetuar um clima coletivo agradável e produtivo.

Para se preparar para desenvolver ações práticas de incentivo individual e coletivo, esse profissional pode se especializar em Psicopedagogia Clínica e Empresarial na Católica EAD. A pós-graduação permite que o Psicopedagogo atue em variados ambientes, como empresas, órgãos do governo e hospitais.

 

Tags: Pós-Graduação, Psicopedagogia Clínica e Empresarial

Receba os melhores conteúdos no seu e-mail!