Docência no ensino superior: como se tornar um professor de faculdade

Seguir a carreira de docência no ensino superior é o desejo de muitos profissionais que amam a vida acadêmica e almejam estabilidade. Se você acabou de sair da graduação e pretende dar aulas em faculdades ou universidades – ou se já tem experiência na área e quer aprimorar seus conhecimentos –, saiba que um curso de especialização pode lhe abrir várias portas. Descubra como na sequência!

O que diz a lei

O que diz a lei

Segundo a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), que regulamenta o sistema educacional no Brasil, cursos de bacharelado não habilitam automaticamente à ministração de aulas. O profissional graduado precisa ter, no mínimo, uma pós-graduação lato sensu (especialização) para atuar como docente no ensino superior privado, bem como uma stricto sensu (mestrado ou doutorado) para atuar como professor efetivo em universidades públicas federais.

Isso quer dizer que, para atuar como professor efetivo em uma faculdade particular ou como professor substituto em uma universidade pública, você precisa aprimorar seus conhecimentos na área de docência com um título de especialista – e daí começar a conquistar seu espaço no meio acadêmico.

Docência inovadora

Docência inovadora

A docência no ensino superior requer a formação em uma área específica do conhecimento, bem como o domínio de algumas habilidades didático-pedagógicas e, claro, experiência profissional. Além disso, é essencial que os docentes estejam em sintonia com o mundo moderno e aptos para lidar com inovações tecnológicas e metodológicas do setor educacional, tanto em sala de aula quanto no ambiente virtual.

Especialização EAD

Especialização EAD

Para atender a essa nova realidade de ensino, a Universidade Católica de Brasília saiu na frente, oferecendo, na modalidade EAD, a Pós-Graduação em Docência Virtual e Presencial no Ensino Superior. O objetivo do curso é habilitar profissionais de diversas áreas para atuarem como professores inovadores, com habilidades e competências diferenciadas, conectados às diferentes perspectivas em educação (inclusive o ensino a distância) e adaptados às novas tecnologias de informação e comunicação.

Viu como é simples se tornar um professor de graduação? Basta ter determinação para se especializar e comprometimento para se aprimorar constantemente! Afinal, um profissional atualizado e conectado com seu tempo tem muito mais chances de crescimento na carreira!

Ficou empolgado para seguir a carreira de docência no ensino superior? Conta para a gente em qual área do conhecimento você gostaria de atuar!

 

Tópicos: Pós-Graduação, Docência no ensino superior

Católica EAD

Escrito por Alessandra Melo

Posts Recentes