Quem já passou pela etapa do vestibular sabe que não basta sentar e esperar que o conteúdo entre na cabeça. Estudar é uma ação ativa que requer empenho e técnicas efetivas de estudo.

Sim, técnicas de estudo efetivas! Porque nem todas funcionam igualmente. Um estudo da Psychological Science in the Public Interest mostrou quais funcionam melhor. Algumas das tradicionais, como a releitura, o uso de mnemônicos e sublinhar textos se mostraram pouco eficazes.

Alguns métodos dão um up no aprendizado, fazendo com que o estudante permaneça concentrado por mais tempo ou que consiga lembrar por longos períodos o que foi estudado.

Fique ligado nas técnicas de estudo a seguir e se dê bem na faculdade! 

 tecnicas de estudo

1. Autoexplicação

A técnica de estudo da autoexplicação é considerada, pela pesquisa do  Psychological Science in the Public Interest, como de boa eficácia. Nela, o estudante explica para si mesmo enquanto aprende o conteúdo, de preferência em voz alta.

Ao verbalizar o assunto, você cria conexões mentais e dá uma “dica” para o seu cérebro de que aquele conteúdo é importante.

2. Flashcards

Quer saber como memorizar rápido? Aposte nos flashcards.

Os flashcards são métodos para estudar que fazem parte da categoria dos altamente eficazes. Sua efetividade está relacionada com a prática contínua e com a reiterada exposição a um conteúdo.

Funciona assim: você escreve na frente do papel uma pergunta (ou um termo) e, no verso, a resposta (ou o significado de um conceito). Faça vários deles e aproveite para estudar em qualquer lugar.

3. Questões e simulados

Se você quer saber como estudar melhor, não abra a mão das questões em seus momentos de estudo. Elas são, ainda, as formas mais efetivas de aprender um conteúdo.

Para matérias de cálculo, faça muitos exercícios. Para qualquer disciplina, na véspera de uma prova, realize simulados. Talvez o seu professor disponibilize provas de turmas antigas, o que ajuda a entender como o conteúdo será cobrado.

4. Técnica do Pomodoro

O Pomodoro não é uma técnica de estudo, mas estimula a concentração necessária para a atividade. Com esse método, os seus estudos renderão muito mais.

Você precisará apenas de um cronômetro (pode ser do celular, desde que não se distraia com os apps de conversa!), mas também pode utilizar um aplicativo específico para isso. Dessa forma, estudará durante ciclos de 25 minutos intercalados por pausas de 5. Você deve trabalhar, ao longo dos 25 minutos, sem interrupção, investindo nos métodos para estudar que explicamos lá em cima.

Ao final de quatro períodos de 25 minutos, faça uma pausa maior, de meia hora. Nas pausas menores, você alonga, bebe uma água, estica as pernas. Na pausa maior, pode fazer um lanche, checar o celular e descansar um pouco.

Com essas quatro ótimas técnicas de estudo, não tem como não mandar bem na faculdade. Elas podem ser aplicadas em qualquer curso superior ou matéria, basta adequá-las à sua rotina!

Gostou das dicas? Não deixe de dividir esse conhecimento com os seus colegas da faculdade, amigos do colégio, conhecidos… compartilhe o artigo em suas redes sociais!

Leia também: 3 técnicas infalíveis de administração do tempo durante a faculdade.

Inscreva-se agora

Tópicos: técnicas de estudo

Católica EAD

Escrito por Alessandra Melo

Posts Recentes