leia

Você conhece todas as regras do Prouni? Confira aqui!

Por Alessandra Mello

As regras do Prouni envolvem diferentes critérios que permitem ou não que uma pessoa possa se inscrever no programa e concorrer às bolsas integrais e parciais. Por isso, quem deseja fazer uma faculdade com os benefícios do Prouni precisa ficar atento às especificações do programa.

Se esse é o seu caso, então continue lendo este post. A seguir, apresentamos tudo que você precisa saber sobre o Prouni. Não perca!

O que é o Prouni e como ele funciona?

Prouni é a sigla para Programa Universidade para Todos. Esse projeto do Ministério da Educação (MEC) foi criado em 2005 com o objetivo de ofertar bolsas de estudo em instituições privadas de ensino superior.

O processo seletivo do programa possui duas fases: o processo regular e vagas remanescentes. No processo regular, o candidato pode se inscrever com a nota obtida no Enem do ano anterior. Segundo as regras do Prouni, é preciso ter nota acima de zero na redação e, no mínimo, média de 450 pontos nas notas das provas.

Caso nem todas as vagas sejam preenchidas no processo regular, é iniciado o processo de ocupação de vagas remanescentes. Podem concorrer professores da rede pública de ensino e candidatos que tenham nota igual ou superior a 450 pontos e nota superior a zero na redação em alguma das edições desde 2010.

As inscrições para o processo regular e para as bolsas remanescentes acontecem no site do Prouni. Todos os anos, acontecem dois processos seletivos para o programa. Um é realizado no primeiro e outro no segundo semestre.

A seleção dos escolhidos para ganhar as bolsas acontece por meio da avaliação dos desempenhos no Enem. A nota de corte é a menor pontuação que garante uma bolsa. Ou seja, corresponde à nota do candidato que passa em último lugar e ocupa a última vaga disponível.

Quais são os tipos de bolsas do Prouni?

As regras do Prouni contam com dois tipos de bolsa. Confira cada uma delas a seguir:

  • Bolsa integral Prouni: o aluno pode fazer a faculdade sem arcar com nenhuma parte da mensalidade.
  • Bolsa parcial Prouni: o candidato ganha uma bolsa de 50% e arca com metade da mensalidade do curso.

Quem pode se inscrever no Prouni?

De acordo com as regras do Prouni, podem se inscrever no programa brasileiros que tenham concluído o ensino médio, ainda não tenham diploma de ensino superior e que cumpram pelo menos um dos requisitos abaixo:

  • frequentou o ensino médio completo em escola pública;
  • estudou parte do ensino médio em escola pública e parte em escola privada como bolsista integral;
  • realizou o ensino médio completo em escola privada como bolsista integral;
  • possui deficiência física ou mental;
  • é professor da rede pública de ensino.

Especificamente no caso de bolsas integrais, o candidato deve ter até um salário mínimo e meio por pessoa de renda familiar bruta. Para concorrer às bolsas parciais, a exigência é de até três salários mínimos por pessoa. No caso dos professores da rede pública, não há requisitos de renda.

Você acabou de conferir as regras do Prouni. Agora você sabe o que é o Programa Universidade para Todos, como ele funciona, quais são os tipos de bolsas oferecidos e quem pode concorrer.

Compartilhe este post nas suas redes sociais e ajude seus amigos a conhecerem o Prouni!

Leia também: Como funciona o PROUNI e como usar nos cursos EaD?

Inscreva-se agora!

Tags: regras do prouni

Artigos relacionados

Receba os melhores conteúdos no seu e-mail!