A importância fundamental dos sistemas informatizados tirou do departamento de TI a alcunha de suporte e o elevou a níveis administrativos dentro das empresas.

Atualmente, é preciso alinhar o potencial tecnológico às estratégias de mercado para obter sucesso corporativo. Para qualificar os profissionais da área nestas competências é que surge o curso de Governança de Tecnologia da Informação.

Tecnologia e corporativismo: as novas necessidades da TI

A Governança de Tecnologia da Informação é um ramo extremamente atual definido pela necessidade de utilizar os recursos informatizados da empresa a favor da produtividade. O profissional da área deve ser capaz de otimizar recursos, gerir riscos e implantar inovações com foco no sucesso corporativo.

A visão sistêmica e globalizada é fundamental a esse especialista, pois suas ações perpassam todos os níveis de gestão da empresa. Organização, planejamento, incentivo e monitoramento de projetos e recursos são apenas alguns dentre as muitas responsabilidades do profissional.

A partir de um conjunto de habilidades analíticas, estratégicas e procedimentais, o especialista em Governança de TI é capaz de otimizar a performance da empresa e incrementar seu valor no mercado. Sendo, também, um profissional muito valorizado.

Governança de TI: novas competências e habilidades

Na pós-graduação em Governança de Tecnologia da Informação, o profissional da área incorpora habilidades de gestão ao seu conhecimento técnico. Além de ter contato com os modelos de programação mais recentes, aprofunda sua capacidade de análise de risco com foco em segurança de sistemas internos.

O curso oferece uma visão interdisciplinar que favorece a integração de conhecimentos entre as áreas tecnológica e corporativa. De forma crítica e incisiva, o profissional será capaz de oferecer soluções estratégicas em solução de problemas e inovações de negócios.

Incremente suas competências em TI e cresça profissional com este curso estruturado para o seu sucesso. Inscreva-se!

INSCREVA-SE AGORA!